O conteúdo deste blog é destinado a estudos sobre a bolsa de valores. A decisão de compra ou venda de qualquer ativo é de inteira responsabilidade de cada um.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

USIM5 - Usiminas

Usiminas pode atrair novos sócios, afirma BTG Pactual
29 de setembro de 2010 • 15h58 • atualizado às 15h58

Dois importantes acionistas da Usiminas podem vender uma participação equivalente a 12,8% do capital na siderúrgica brasileira, levando a mudanças na estrutura societária da empresa ou a uma possível fusão com uma concorrente local, escreveram analistas do BTG Pactual em relatório nesta quarta-feira. 
Os analistas Edmo Chagas e Antonio Heluany, citando notícias recentes, disseram que "um número de partes interessadas está olhando para participações da Camargo Corrêa e Votorantim" na Usiminas. A Usiminas é a maior fabricante brasileira de produtos de aço voltados à indústria automobilística. 
A Camargo Corrêa, uma das maiores fabricantes de cimento do Brasil, afirmou à Reuters não ter planos para vender sua participação. Usiminas e Votorantim não estavam imediatamente disponíveis para comentários. 
Embora uma possível mudança na estrutura de acionistas da siderúrgica seja improvável no curto prazo, isso poderia dar oportunidade para que a japonesa Nippon Steel, que detém 14,8% da Usiminas, eleve sua participação na companhia, de acordo com o BTG Pactual. 
As ações ordinárias da Usiminas , que dão direito a voto, chegaram a subir 2,2% na Bovespa nesta quarta-feira, e no meio da tarde operavam em alta de 1,84%, a R$ 25,97. O Ibovespa operava estável. 
A lucratividade da Usiminas no setor siderúrgico tem sofrido neste ano com a queda dos estoques e o impacto da valorização do real sobre as exportações. O lucro do segundo trimestre subiu 3%, abaixo das estimativas de analistas. 
Com a economia global mostrando dificuldades para sair da crise, a divisão de siderurgia da Usiminas deve continuar com desempenho fraco. 
Os analistas Chagas e Heluany descartaram que a Nippon Steel adquira a Usiminas, mas disseram que isso poderia caber a um "parceiro local", "uma das siderúrgicas brasileiras", sem especificar qual. 
"A entrada desse parceiro potencial seria positiva, já que pavimentaria uma consolidação no médio prazo", acrescentaram. A gestão, porém, resistiria a uma fusão no momento já que a companhia permanece lucrativa, disseram. 

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Ibovespa

Boa noite pessoal,

Segue noticia interessante:

Ibovespa rompe resistência: Analistas acreditam em mudança

As notícias e comentários dos analistas começam a mostrar mais confiança na volta de um período de valorização mais confiável nos mercados. Para os analistas, ontem o rompimento e fechamento do Ibovespa acima dos 69.000 pontos traz uma nova perspectiva de valorização para as ações da bolsa brasileira. Para os analistas fundamentalistas, o movimento altista pode não se confirmar, pois ainda existem muitos problemas estruturais no crescimento mundial. Mas os grafistas e analistas técnicos acreditam que os investidores entendem os riscos e que o pior da crise já passou. Para eles o próximo movimento será a procura de um suporte/resistência de preços perto dos 71.000 pontos, local onde os investidores precisarão se sentir confortáveis para tentar ultrapassar a máxima histórica do Ibovespa de maio de 2008.


Abraços a todos e bons trades!

Compramos GGBR4



Relembramos que no último post sobre a GGBR4, um doji havia se formado e poderia indicar uma alta.
Hoje esse papel confirmou a alta de 2,10%

Acreditamos que este papel tenha uma reação de 5% , assim, compramos por R$23,45

Principalmente pelo fato dessa ação ter vindo de forte tendência de baixa, a utilização do STOP é super importante para protegermos nosso capital caso os Candles voltem a ficar vermelhos.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Desdobramento da Usiminas

Pessoal,

Segue abaixo a notícia sobre o desdobramento da USIM.


27/09/2010 - 20h13

Acionistas da Usiminas aprovam desdobramento de ações

SÃO PAULO - Os acionistas da siderúrgica Usiminas aprovaram hoje, em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), o desdobramento das ações da companhia, na proporção de uma nova ação para cada uma existente. Ou seja, cada ação da empresa passará a ser representada por duas.

O objetivo do processo é baratear o preço unitário dos papéis e, com isso, melhorar sua liquidez. A razão de uma ação para cada recibo de ação negociado em Nova York (ADR, na sigla em inglês) será mantido após o desdobramento. Como resultado, o capital social da Usiminas passará a ser dividido em 1.013.786.190 ações, permanecendo o valor de R$ 12,150 bilhões.

Até a sexta-feira, o Bradesco, instituição depositária, deverá efetuar o crédito das novas ações nas contas dos acionistas, com base na posição acionária de hoje.

(Eduardo Laguna | Valor)

Atenção - GGBR4

Clique na imagem para ampliar

A GGBR4 (GERDAU), após esta forte tendência de baixa e a formação do doji (destaque em amarelo), deixa este papel em alerta.
No período de um ano, somente no final de maio este papel esteve tão baixo.
Acredito que levando em consideração os riscos, pode ser uma oportunidade para investir e utilizando um STOP bem curto (R$ 22,40) e se essa alta realmente se confirmar, a próxima resistência só é na casa dos R$ 24,80.

Ou seja:

Limito minha perda em 2,18%, com a possibilidade de ganhar 8,30%.

Vendemos a VALE


Depois de 6 dias de alta, vendemos a VALE5. Acreditamos que Vale tem um enorme potencial para continuar subindo, porém provavelmente haverão algumas realizações (venda das ações) e ela vai baixar um pouco (movimento natural da bolsa).

Data da compra: 26/08/2010
Valor: 41,40
Data da venda: 27/09/2010
Valor: 45,00

Lucro: 8,70%


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

FNAM11

Boa noite srs.,


Seguem informações interessantes sobre o ativo FNAM11 :


Estava totalmente concluído o Acordo de Cooperação Técnica assinado entre o BASA e DGFI para os 195 projetos.
Inclusive funcionarios do BAZA foram convocados para acelarar as coisas no DGFI.
Acontece que por algum motivo ainda nao explícito todos os relatorios precisaram ser refeitos.
Fomos informados que a parte mais demorada, a das fiscalizações já foi finalizada
O que devemos fazer agora é esperar a conclusão dos relatórios.
O valor que pode ser liberado com a conclusão desse trabalho é de R$ 0 até 1,5 bilhões.

Mudança de Estratégia

Boa noite a todos,

Como podemos perceber os ativos Milk11 e Kepl3 não tiveram a repercussão que esperávamos, portanto, agora estamos com o pensamento de LP nesses dois papéis e, com certeza, não sairemos perdendo nessa. São duas empresas concrétíssimas e com um futuro muito próspero.
Não foi a primeira e com certeza não será a ultima vez em que aplicamos uma parte de nosso capital em Milk e Kepl, ainda ganharemos muito com essas duas.
O pensamento agora esta a LP, mas nada impede que saia uma notícia repentina para um desses ativos e, sabemos que quando temos boas notícias a alta é eminente e desenfreada.

Um abraço a todos e um bom resto de domingo!

Obs.: NÃO SE ESQUEÇAM DA PROMOÇÃO WALL STREET, ENVIEM SEUS DADOS ATRAVÉS DO E-MAIL ENTENDAABOLSA.BLOGSPOT.COM(CONFORME POST ANTERIOR) E CONCORRA A UM INGRESSO PARA ASSISTIR A ESTE INCRÍVEL FILME.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

PROMOÇÃO - Wall Street , O Dinheiro Nunca Dorme.

Hoje estréia nos cinemas o filme Wall Street , O Dinheiro Nunca Dorme.

Estaremos sorteando ingresso para as pessoas que fizerem cadastro em nosso BLOG.

Para participar desta promoção, basta nos enviar um e-mail para entendaabolsa@gmail.com com os seguintes dados:

-------------------------------------------------
Nome completo:
Telefone para contato com DDD:
E-mail:
-------------------------------------------------

Encerraremos a promoção dia 30/09/2010 (quinta-feira), e em 01/10/2010 (sexta-feira) divulgaremos no BLOG o vencedor!!

video

Informações do filme:
O tubarão das finanças Gordon Gekko acaba de sair da prisão, em 2008, e tenta alertar Wall Street de um iminente colapso financeiro, mas ninguém o leva a sério, por causa de sua fama de trapaceiro. Wall Street - O Dinheiro Nunca Dorme mostrará, como um corretor jovem e ambicioso operador da bolsa passa a se tornar amigo de um milionário experiente na Bolsa de Valores, seu tutor nos negócios.

Drama

Classificação Indicativa: Inadequado para menores de 14 anos

Elenco: Michael Douglas e Shia Labeouf



quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Showwwww!!!

Pessoal,

Uma das coisas mais importantes de aplicar na bolsa de valores é saber o momento de vender as ações.

No tópico de ontem falamos que havíamos vendido a BTOW3  para comprar a PETR4, pois demonstrava-se mais atrativa.

BATATA!!!
Hoje a PETR4 fechou aos 27,05 (chegou a bater no 27,45!!!), ou seja, só hoje tivemos uma valorização de 4,08% , enquanto a BTOW3 fechou aos 32.0 (-1.23%).

Foi showww!!!

Vendemos BTOW3

Mesmo sabendo que a BTOW3 está em tendência de Alta rumo aos R$33,00, decidimos vender. Analisamos outras ações e decidimos investir novamente na PETR4 , já que ela está super em baixa e tem grande potencial de alta devido a capitalização.

A estratégia adotada foi vender uma ação em alta (antecipamos a venda programada) e comprar uma ação que tem maior probabilidade de disparar.


BTOW3

 Compra: 09/08/10   29,40
Venda: 22/09/1       32,12
Lucro:  9,29%


Clique na imagem para ampliar


Compramos PETR4 por 25,99


Clique na imagem para ampliar

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Olha a BTOW3 Subiiindo


Reparem que a BTOW3 está caminhando pra casa dos R$ 33,00 !!










domingo, 19 de setembro de 2010

BTOW3 - Tendência de alta

Clique na imagem para ampliar


A BTOW3 está voltando a reagir, como podemos ver no gráfico, ela rompeu o suporte (linha laranja) e vai em busca na casa dos R$ 33,00. Reparem que o indicador MACD (circulo laranja) já deu sinal de compra.

Já que não há como prever se essa ação irá passar dos 33,50 , preferimos programar a venda para 33,00.

É melhor garantirmos uma boa venda, do que correr o risco de voltarmos para a tendência de baixa.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Capitalização da Petrobras: entenda a formação do preço das ações



Investidor de longo prazo não deve se retrair com preço inicial das ações da oferta pública

Julia Wiltgen, de EXAME.com




São Paulo - Os próximos dias vão revelar o real interesse do mercado em participar do maior processo de capitalização da história. De 13 a 22 de setembro, atuais e futuros acionistas da Petrobras, institucionais ou não, farão suas ofertas. Essa demanda será o termômetro para a formação dos preços das ações da oferta pública da estatal, que serão divulgados no dia 23.

Os preços das ações no momento da oferta pública, como alerta o próprio prospecto da Petrobras, será diferente de seu valor patrimonial contábil, que é o seu valor intrínseco. Isso porque os preços das novas ações dependerão da demanda do mercado no momento das reservas dos investidores, mas devem sofrer ajustes após o início das negociações.

Especialistas ouvidos pelo Portal EXAME não acreditam que os preços das ações da oferta pública sejam supervalorizados, mas creem que pelo menos a demanda dos atuais acionistas esteja garantida.

Se em IPOs as ações ofertadas costumam assistir a quedas vertiginosas após o início das negociações, o mesmo não costuma ocorrer com ofertas públicas de ações, como esta da Petrobras.

Existe um consenso entre os analistas de que os atuais acionistas da Petrobras devem acompanhar a capitalização para, pelo menos, manter sua posição. Isso inclui quem investe diretamente em ações e os cotistas dos Fundos Mútuos de Privatização, com recursos do FGTS.

De qualquer maneira, a participação no processo de capitalização da Petrobras é para investidores com visão de longo prazo. Nesse caso, pouco importa o valor inicial das ações que começam a ser negociadas no dia 24 de setembro ou uma eventual queda após o início das negociações.

Limites

Quem já for acionista deverá comprar, pelo menos, 34 ações para cada 100 papéis que possuir, a fim de manter sua posição. O mesmo vale para quem já investe com recursos do FGTS, desde que não seja ultrapassado o limite de 30% de seus recursos no fundo.

Investidores não institucionais individuais, acionistas ou não, deverão ainda determinar o valor que estão dispostos a pagar por essas ações da oferta inicial. Quem pretende investir indiretamente, por meio dos Fundos Mútuos de Privatização-FGTS ou de Fundos FIA-Petrobras especialmente constituídos para a ocasião não terão direito a estabelecer esse preço.



Formação do preço

De 13 a 16 de setembro, os atuais acionistas individuais deverão fazer suas reservas; novos acionistas terão um prazo maior, de 13 a 22 de setembro. As ações remanescentes dessas duas ofertas serão destinadas à oferta institucional, feita aos investidores que planejam aplicar mais de 300.000 reais na operação.

São esses grandes investidores que participam do chamado procedimento debookbuilding, uma espécie de leilão que determina a fixação do preço das ações da oferta inicial, sejam elas preferenciais, ordinárias ou ADS (American Depositary Shares, negociadas na Bolsa de Nova York).

Os investidores institucionais manifestam quanto pretendem investir e o volume de ações que desejam comprar. Essas informações são coletadas pelos bancos coordenadores da oferta pública junto aos fundos (exceto os FIA-Petrobras), fundos de pensão, seguradoras, investidores estrangeiros, entre outros grandes investidores.

Se não houver excesso de demanda superior em 1/3 da quantidade de ações inicialmente ofertadas, serão aceitos no procedimento de bookbuilding investidores institucionais chamados Pessoas Vinculadas ao processo de capitalização, até o limite máximo de 10% da oferta global.

São consideradas Pessoas Vinculadas investidores como os bancos coordenadores do processo e a própria União. Se essa participação for necessária, o que só irá ocorrer caso não haja excesso de demanda, pode haver distorções na formação dos preços das ações da oferta inicial, com possível supervalorização. Entretanto, especialistas consideram essa situação pouco provável.

Se, ao contrário, a demanda dos investidores institucionais for muito alta, será feito um rateio das ações, segundo critério dos coordenadores do processo de capitalização. Segundo o prospecto, esse critério leva em conta o objetivo de criar uma base diversificada de investidores.





FONTE: http://portalexame.abril.com.br/financas/noticias/capitalizacao-petrobras-entenda-formacao-preco-acoes-594316.html?page=2

Para mais informações acessem: http://www.petrobras.com.br/ri/

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

USIM5



Compramos USIM5 por 45,25.

Após forte tendência de baixa (-10% em 30 dias), ontem (01/09) houve uma forte alta na bovespa em geral, isso ajudou o indicador MACD dar sinal de compra.

Essa ação tem um grande espaço para recuperação, lembramos que em março/10 chegou a custar 62 reais!!

Atualizando...



No dia 18/05 vendemos a VALE5, essa ação estava tendo uma dificuldade para subir, próximo de uma resistência e o MACD também indicava venda.

Compra 18/05/2010
Valor: 42,07
Venda 19/08/2010
Valor: 44,40

Lucro 5%

----------------

Aproveitando tendência de baixa que ocorreu nos dias após a venda, compramos a VALE5 novamente por 41,40